Peixaria Mitsugi em São Paulo

Peixaria Mitsugi em São Paulo

Mais uma semana de trabalho em São Paulo e um fim-de-semana sozinho convida sempre a algo diferente, algo que me faça despertar os sentidos e recordar no futuro. Conheci a peixaria Mitsugi quando navegava na internet à procura de um bom sashimi em São Paulo e depressa fiquei entusiasmado pela história e originalidade do local. Sozaburo Mitsugi foi um japonês que se fixou no bairro da Liberdade em São Paulo e lá abriu uma peixaria em 1971. António, um maranhense que aprendeu tudo o que sabe sobre peixe com Mitsugi e desde a morte do mestre prepara o peixe com a mesma técnica e dedicação que lhe ensinaram. Hoje o sashimi do número 364 da Rua Galvão Bueno na Liberdade é considerado um dos melhores em São Paulo.

António na Peixaria Mitsugi

Comecei com uma tigelinha de uni ou ouriço-do-mar e o prazer de sentir o sabor intenso e requintado na boca bem como a sua textura cremosa é um ótimo início para um almoço de sábado. Para beber optei por um sake como não podia deixar de ser, que sempre acompanha bem o sabor a mar, e pedi uma dose de Hakutsuru Josen Karakuchi, um sake seco da província de Hyogo, Japão. O combinado de sashimi veio com buri e atum acompanhado pelo arroz e ovas de tobico, estas bem salgadas que pareciam bombinhas minúsculas e duras a cada trincadela na boca. Para intermediar a refeição nada melhor que uma boa missoshiru bem quente com cubos de tofu e pedaços de cebolinho.

Fazendo Manjū

O bairro da Liberdade fica bastante movimentado aos sábados com as ruas repletas de vendedores ambulantes, gente, feirinhas de rua e as tradicionais barraquinhas de comida de rua, uma boa forma de terminar o almoço com um bolinho de feijão bem típico.